Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RR: construção de novo abatedouro está adiantada

postado em 26/01/2010

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A construção da primeira etapa do abatedouro da Prefeitura de Boa Vista/RR está bastante adiantada. A obra está sendo realizada na área destinada a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), nas imediações da estrada do Passarão/RR. O prédio foi levantado e os operários já estão trabalhando no rebocamento e na cobertura da estrutura.

Pelo projeto inicial o telhado seria de madeira, mas a estrutura colocada será de metal, para dar mais segurança e evitar a decomposição da madeira por insetos como cupins. A subestação de energia também foi modificada, o local terá capacidade de 150 Kva, o dobro da capacidade prevista inicialmente, de 75 Kva.

A previsão é que esta etapa seja concluída até abril. O prédio conta com uma sala administrativa, sala para os veterinários com banheiro, dois banheiros coletivos, salas para desossa, para separação do mocotó, do couro e para salgar o miúdo. Além de duas câmaras frigorificas para estocagem do material.

O abatedouro funcionará como uma unidade processadora de carne de ovinos, caprinos e suínos, garantindo a qualidade sanitária da carne. No local, poderão ser abatidos até 100 animais por dia. O objetivo é aumentar o consumo deste tipo de carnes entre a população, melhorando o valor comercial do produto. A prefeitura pretende ainda incentivar o beneficiamento de carne de pequenos animais, com produção de derivados como as conservas, salsichas, calabresas, linguiças e hambúrgueres.

Na segunda etapa do abatedouro, serão construídos oito currais para separação, engorda e matança de caprinos, ovinos e suínos. Além do crematório, da lagoa de estabilização e da esterqueira, para armazenamento de esterco recolhido dos animais.

O funcionamento do abatedouro vai ampliar as possibilidades de comercialização e beneficiamento dos produtos, aumentando a renda dos pequenos produtores e incentivando a geração de novos postos de trabalho. No total, estão sendo investidos mais de um milhão de reais. Os recursos são provenientes do Ministério da Agricultura.

A reportagem é do site BV News - Notícias de Roraima, adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Silvia Leuch

Castro - Paraná - Consultoria/extensão rural
postado em 29/01/2010

Não sabia que Roraima tem tantos criadores de ovinos para abastecer um frigorífico. Meus parabéns a prefeitura de Boa Vista.

Fernando Hirota

Moji das Cruzes - São Paulo - Consultoria/extensão rural
postado em 04/03/2010

Sou fabricante de equipamentos para abatedouro de aves a mais de 30 anos e gostaria de saber como esta o processo de cotação dos equipamentos para esta nova unidade.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade