Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

SE: Consórcio do Bode estimula criadores baianos

postado em 27/08/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Consórcio do Bode tornou-se uma referência nacional no Sebrae, inclusive transformando-se num caso de sucesso do Sistema e atraindo criadores de caprinos e ovinos de outros estados. O grande diferencial é a forma criativa que um grupo de produtores rurais de Nossa Senhora da Glória encontrou para suprir suas necessidades e solucionar os problemas. E foi isso que estimulou a visita de uma missão técnica organizada pelo Sebrae da Bahia a região.

Criadores de caprinos e ovinos baianos estiveram em Sergipe conhecendo o Consórcio do Bode. O grupo formado por 34 produtores rurais de Jeremoabo e Pedro Alexandre, ficou admirado como os integrantes da ASCA - Associação Sertaneja de Caprinocultores de Nossa Senhora da Glória, conseguiu se capitalizar e transformar a caprinovinocultura num negócio rentável.

Os 20 criadores sergipanos ligados a ASCA possuem 500 cabeças de animais direcionados para a produção de leite. São cerca de 400 litros diários, que além de ser vendido na lojinha da Associação também é utilizado para fabricar queijos, iogurtes e doces.

Segundo o técnico do Sebrae, Antônio Cardoso de Lisboa, coordenador no Estado do Projeto Aprisco, os integrantes da associação possuem um local próprio para comercializar a produção. "O Ponto do Bode fica na Rota do Sertão, um local estratégico, pois é uma importante rodovia estadual que liga a capital Aracaju a Canindé do São Francisco, divisa com a Bahia e Alagoas", explica Cardoso.

O grupo também está finalizando as obras de uma nova unidade de beneficiamento do leite, mais moderna, que irá atender as normas de saúde nacional. "A proposta é atender as exigências da introdução normativa 51. Os produtos da ASCA já são consumidos na região e também são comercializados em lojas de Aracaju. Com o aval do Ministério da Agricultura os criadores sergipanos terão condição de abrir mercado em outros estados", finaliza Cardoso.

O Consócio do Bode foi criado com a finalidade de aumentar os rendimentos e melhorar a qualidade de vida dos pequenos produtores rurais de Nossa Senhora da Glória - SE. Após serem capacitados pelos consultores e técnicos do Sebrae em Sergipe em empreendedorismo, associativismo e manejo técnico, onde aprenderam como criar e alimentar o animal, e procurando minimizar os problemas com a falta de recursos financeiros, os produtores resolveram iniciar o consócio. Os associados da ASCA adquiriram 140 cabras de leite e dois bodes reprodutores. Conforme Antônio Andrade, integrante da ASCA, a associação já chegou a ter mais de 1500 animais, mas preferiu reduzir e melhorar a qualidade do rebanho. "Atualmente estamos com 500 cabeças, direcionadas principalmente para a produção de leite e derivados. Diminuímos o número de animais, mas aumentamos a produção. Uma parte do dinheiro conseguido com a venda serviu para reinvestir no negócio, inclusive na compra de novos e melhores reprodutores, melhorando significamente a qualidade genética do rebanho", diz o produtor.

As informações são do Plenário - a notícia Agora, resumida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade