Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Sebrae e BB assinam convênio para ovinocaprinocultura

postado em 22/06/2010

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Representantes do Sebrae e da Fundação Banco do Brasil assinaram um convênio ontem (21) para beneficiar os produtores de ovinos e caprinos da região de Juazeiro, norte da Bahia. A assinatura ocorreu na presença do superintendente do Sebrae Bahia, Edival Passos, e do presidente da Fundação Banco do Brasil, Jorge Alfredo Streit.

Através do projeto, mais de 400 pequenos produtores serão beneficiados, sendo a maioria deles de base familiar, reunidos em 39 comunidades. No ano passado, os produtores já foram beneficiados com a aprovação do Edital do Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Semiárido da Embrapa, no valor de R$ 450 mil. O recurso foi investido para a aquisição de implementos agrícolas e plantio de áreas de forragens, como forma de aumentar a oferta de alimentos para o rebanho.

Este é apenas um de muitos projetos realizados em parceria entre o Sebrae e a Fundação Banco do Brasil. Durante todo o dia, os representantes das duas instituições fizeram um balanço dos projetos em andamento e de outros que se iniciam. São projetos nos segmentos de piscicultura, mandiocultura, cajucultura, além do Programa Agroecológico Integrado Sustentável - PAIS, que tem foco na produção sustentável e ambientalmente responsável. Conforme explica a assessora da superintendência do Sebrae Bahia, Isabel Ribeiro, é um momento oportuno para a troca de experiências e integração entre as duas instituições.

Um outro projeto importante está sendo desenvolvido no município de Senhor do Bonfim, a 375 km de Salvador. As ações incluem, além da parceria entre Sebrae e Fundação Banco do Brasil, o apoio da prefeitura municipal de Senhor do Bonfim, e estão direcionadas para a produção leiteira do distrito de Quicé, a 18 km da sede. É lá que se encontra o laticínio Quicé, criado pela APAQ - Associação dos Pequenos Agricultores de Quicé.


As informações são da Agência de Notícia Sebrae/BA, resumidas e adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Clovis Paoletti

Suzano - São Paulo - Tecnologia & Marketing - UNISUZ
postado em 28/06/2010

Sugiro que nas próximas reuniões da Camara sejam convidados a participar representantes do Sebrae e do BB. O pequeno produtor carece de investimentos e recursos que poderiam ser aplicados em projetos destinados ao melhoramento do plantel, através de aquisições de matrizes e reprodutores de linhagens de alta performance.

francisco de assis de carvalho pires

Mirandiba - Pernambuco - Ovinos/Caprinos
postado em 28/06/2010

Gostaria de obter maiores informações sobre este convênio com criadores de caprinos e ovinos em Juazeiro, em parceria com o SEBRAE, para tentar junto com a perfeitura de Mirandiba/PE e o Banco do Brasil a implantação de um em minha cidade. Aguardando maiores informações, atenciosamente Assis Pires.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade