Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

SP: Câmara Setorial discute preço do cordeiro

postado em 23/06/2010

11 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O FarmPoint participou da Reunião da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo - SAA/SP realizada na última quinta-feira (17) durante a XVI Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne - Feicorte.

A reunião teve início com as palavras de Arnaldo dos Santos Vieira Filho, presidente da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos. Arnaldo comentou sobre a importância da Câmara Setorial. "Devemos usar esse instrumento para o fortalecimento da atividade em todos os aspectos, colhendo frutos para a cadeia produtiva."

Nelson Pedro Staudt, secretário geral das Câmaras Setoriais da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, deu sequencia dizendo que "o trabalho das câmaras setoriais devem ser bastante utilizados, as pessoas devem saber usá-lo da melhor forma, através de documentos e propostas."

A reunião teve duas pautas principais de discussão: formação do preço do cordeiro (CONAB) e formação do Comitê Estadual de Sanidade Animal.

A CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento) é uma empresa pública, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e é encarregada de gerir as políticas agrícolas e de abastecimento, visando assegurar o atendimento das necessidades básicas da sociedade, preservando e estimulando os mecanismos de mercado, atuando em todo território nacional. No exercício de suas atribuições institucionais e por meio de parcerias com entidades públicas, implementa ações de apoio a programas e projetos na área de suplementação alimentar, prestando serviços e/ou fornecendo produtos. As ações da CONAB, no segmento de atendimentos institucionais, têm o propósito preferencial de contribuir, por meio da disseminação de sua experiência na área de abastecimento social, com as entidades públicas comprometidas com as questões relacionadas à nutrição dos menos favorecidos.

Na reunião da Câmara Setorial, foi discutido a possibilidade dos produtores de ovinos e caprinos comercializarem junto às prefeituras os seus produtos para serem adicionados na merenda escolar. O exemplo dado foi o caso de Itapetininga/SP, pois a prefeitura da cidade busca fornecedores de carne ovina, porém, o preço pago ao produtor está baseado na lista da CONAB e atualmente encontra-se baixo (R$ 6,00/kg/carcaça/ovina). A reunião contava com a presença de um representante da CONAB que explicaria a metodologia utilizada para fixação do preço, porém ocorreu um imprevisto e ele não pode participar do evento.

"A Câmara Setorial está bastante interessada no programa e acredita que a CONAB é o canal para cooperar na melhoria da comercialização dos produtos oriundos de ovinos e caprinos", completou Arnaldo. A Câmara se propôs a continuar negociando com a Companhia e agendar uma nova reunião.

Na segunda parte da reunião foi discutido a questão da segurança alimentar e a importância da formação de um Comitê Estadual de Sanidade Animal. A formação do Comitê vem sendo estudada a alguns anos para que haja uma legislação sanitária condizente com a ovinocaprinocultura do Estado de São Paulo, pois hoje há falta de treinamento, poucos coordenadores e dificuldades em habilitar laboratórios. O Comitê visa desenvolver um sistema eficaz de vigilância sanitária e avaliar a dimensão das enfermidades que acometem a ovinocaprinocultura, modernizando normas sanitárias e agregando valores à cadeia produtiva. Algumas providências foram tomadas na reunião para implantar o programa, adequar algumas normas e acelerar o processo.

A reunião é aberta ao publico e teve a participação de aproximadamente 20 representantes do setor.

O que você acha do trabalho realizado pela Câmara Setorial? Quais os assuntos que deveriam ser abordados nessas reuniões?

Participe deixando seu comentário no box abaixo:

Equipe FarmPoint

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

GRANJA SUASSUMÉ

Piedade - São Paulo - Produção de caprinos de corte
postado em 23/06/2010

Cabe completar que discutimos também a inclusão do leite de cabra nos mesmos moldes (via CONAB) na merenda escolar dos municípios, por entender a importancia deste processo no fomento à caprinocultura leiteira. E devemos cobrar dos caprinocultores maior participação, mais interação com a Associação que os representa, para que possamos discutir muitos assuntos na Câmara. Quem queira frequentar as reuniões, quer da Câmara Setorial quer da CAPRIPAULO, será sempre benvindo e ouvido.
Wallace Scott, Presidente da CAPRIPAULO.

Henrico Dinapolli

Santa Maria - Rio Grande do Sul - Produção de ovinos
postado em 24/06/2010

As reuniões das Câmaras Setoriais são muito importantes. Recentemente acompanhei a entrevista que vocês fizeram com o Ferndando, coordenador da Câmara Setorial de Ovinos e Caprinos do MS. Sem dúvidas, o trabalho é importantíssimo. Acho que o preço do cordeiro é um bom assunto para ser discutido nesses reuniões.

Thadeu Cysneiros Galvão

Recife - Pernambuco - Revenda de produtos
postado em 24/06/2010

Acho que deveriamos incentivar a caprinocultura e ovinocultura em todo o semiarido pois os propietários de pequenos sitios que inclusive tem uma agricultura de porte medio poderiam muito bem ter uma criação de pequenos animais para fortalecer a agricultura familiar e também criar pequenos abatedouros para que o produto final possa chegar a mesa do brasileiro com um custo bem menor. Uma cooperativa que abrangesse quatro ou cinco municipios seria o ideal, também com insumos e medicamentos com custo mais acessível aos pequenos criadores. Talvez esta seja uma meta para a Câmara Setorial. Sem mais, um forte abraço, Galvão.

Jonas Rodrigues

Dourado - Mato Grosso do Sul - Trader
postado em 24/06/2010

A Câmara Setorial possui vários méritos e conquistas. Acho que as reuniões poderiam ser um pouco mais divulgadas para os produtores, peça fundamental de toda a cadeia. Acho que as reuniões poderiam discutir o preço do cordeiro e busca por qualidade e padronização. Aqui fica a minha sugestão. Um abraço para todos.

Ivo Arnt Filho

Tibagi - Paraná - Produção de ovinos
postado em 26/06/2010

A Camara Setorial, entidade que reune todos os segmentos da cadeia produtiva, é um instrumento que pode ser melhor aproveitrado pelo setor para a integração de todos os elos, deixando de lado os "egos" pessoais. Este novo instrumento de ser respeitado pelos nossos governantes e ministéros integralizando todos em um unico pensamento, com objetivo final o sucesso de todos, grandes e pequenos, nas etapas da cadeia produtiva. As Câmaras setoriais estaduais devem estar bem alinhadas com a Câmara Setorial do MAPA, e as comissões técnicas nos estados pelas Federações da Agricultura e CNA. A integralização de todos os pensamentos via um projeto estratégico de cadeia produtiva será a alavanca do setor, gerando renda a todos.

Kelly Louveira

Bragança Paulista - São Paulo - Distribuição de alimentos (carnes, lácteos, café)
postado em 28/06/2010

As reuniões da Câmara Setorial são de enorme importância, mas, como já dito no próprio texto, poucas pessoas participam ainda. Acho que vários assuntos podem ser debatidos, e se os produtores participassem mais. ia ser muito bom.

Julio Erasmo Reich

Querência - Mato Grosso - Produtor de ovinos
postado em 29/06/2010

Acredito que nas reuniões da Câmara Setorial o BB poderia participar, assim como os produtores de ovinos e caprinos, para ser discutido financiamentos e créditos para a atividade.

Clovis Paoletti

Suzano - São Paulo - Tecnologia & Marketing - UNISUZ
postado em 29/06/2010

Sugiro que nas próximas reuniões da Camara sejam convidados a participar representantes do Sebrae e do BB. O pequeno produtor carece de investimentos e recursos que poderiam ser aplicados em projetos destinados ao melhoramento do plantel, através de aquisições de matrizes e reprodutores de linhagens de alta performance.

Carlito Nóbrega

Presidente Prudente - São Paulo - Produção de ovinos
postado em 29/06/2010

Gostaria de parabenizar pela busca constante do FarmPoint por assuntos atuais. Na próxima reuniao eu quero participar, pois sou de Presidente Prudente, facilita a minha ida, um pulo. Concordo com os amigos que já comentaram. Acho que pode ser discutido financiamento para os produtores e ter mais representantes de prefeituras, Mapa, Conab, nas reuniões. Abs,

Daniel Pimentel Gomes

Fortaleza - Ceará - Produção de caprinos de leite
postado em 02/07/2010

Aqui no Ceará as cadeias produtivas estão todas desorganizadas, tem muito trabalho a ser feito, a cadeia do leite já deu o seu passo inicial, tem uma produção de pequena monta, mas estamos crescendo e se estruturando. Att, Daniel

Arnaldo dos Santos Vieira Filho

Araçatuba - São Paulo - Produção de ovinos
postado em 04/07/2010

Prezada Raquel,
Parabéns pela iniciativa e fico muito feliz em ver a repercussão e interesse dos internautas em interagir com a Câmara Setorial, acredito que o empenho do FarmPoint pode incrementar nossos trabalhos, propiciando informações e incentivando a participação de todos os elos da cadeia produtiva em nossas reuniões.

Abraço, Arnaldo.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade