Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Comunidade > Fique Atento

Artesanato em couro de ovinos marca presença na Expoagro

postado em 25/10/2010

Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Calçados feitos com couro de ovelha, além de bolsas, chaveiros, colares e outros utensílios elaborados com a mesma matéria-prima, estarão a venda no Parque da Pecuária, nesta segunda-feira (25). Os materiais são produzidos por pequenos empreendedores do município de Batalha, no Sertão, que fazem parte da Associação Sertaneja.

Além da venda de peças de artesanato, haverá também a comercialização de sabonetes feitos com leite de cabra por uma associação de mulheres empreendedoras do município de Maravilha, conhecida como Natucapri. Elas estarão em Maceió porque a segunda-feira foi definida como o dia dedicado à ovinocaprinocultura, numa agenda de atividades paralelas, dentro da 60ª Expoagro.

As atividades foram organizadas pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Alagoas (Sebrae/AL) e com o Programa de Arranjos Produtivos Locais (PAPL).

"Essas atividades, por um lado, fortalecem a agricultura familiar, pois dão aos agricultores a oportunidade de mostrar seu produto, de estabelecer uma relação com os consumidores, de construir preço; por outro lado, é importante que a população da capital saiba e conheça o que está sendo produzido por esses agricultores, que materiais eles utilizam", frisou a secretária de Estado da Agricultura, Inês Pacheco.

Há muito tempo, a habilidade de artesãos do município de Batalha transforma couro de ovinos e caprinos em calçados e acessórios. Mas foi somente em 2007, que eles fundaram uma associação, chamada de Associação Sertaneja. Segundo a presidente da entidade, Leane Bezerra Silva, ao todo são 16 associados. Os homens produzem as peças, entre elas sandálias, colares, bolsas e chaveiros, e as mulheres fazem a venda em feiras e eventos por todo o Estado.

A Associação Sertaneja foi uma das beneficiadas do convênio do governo do Estado com o MDS, firmado em dezembro de 2008, que beneficiou também a Associação das Artesãs de Maravilha (Natucapri) e a Cooperativa de Agricultores Familiares do Sertão (Cafisa).

As informações são da Agência Alagoas, resumidas e adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade