carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

BA: VII Feira de Caprinos e Ovinos de Massaroca trouxe novidades aos produtores da região

postado em 08/07/2014

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Prefeitura de Juazeiro através da organização da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) e em parceria com o Comitê das Associações Comunitárias e Agropecuárias de Massaroca realizou no último sábado (05) a abertura oficial da VII Feria de Caprinos e Ovinos no distrito de Massaroca.



Na solenidade, estiveram presentes junto ao Prefeito Isaac Carvalho e comitiva, representantes do legislativo, como o Vereador Agnaldo Meira, Tiano Felix e Crisóstomo Lima, além do secretário do SEAPA, Jorge Cerqueira, o secretário de serviços públicos, Eduardo Lopes e o secretário de Meio Ambiente e Ordem Pública, Edvan Gonçalves. Os parceiros também marcaram presença através das atividades dos stands, além da apresentação cultural realizada pelo grupo do IRPAA e as palestras.

Josivânia Santos, presidente do comitê das Associações de Massaroca disse estar satisfeita com o crescimento dos parceiros e de cada edição da feira que se realiza. “É notório o melhoramento genético dos animais expostos a cada feira, e o quanto as novas ideias, tecnologias trazidas aprimoram o trabalho do homem do campo. Em 2009 a prefeitura colocou esse projeto ativo, e só vem crescendo desde então”.



A feira deste ano apresentou uma nova ideia, apostar na palma como ração. “O programa ‘Palmas para Juazeiro’ será mais uma alternativa aos produtores para crescimento e abastecimento dos animais. Com a parceira pelo Banco do Nordeste, os produtores terão disponível um financiamento a fim de expandir e manter a criação”, disse o secretário do SEAPA, Jorge Cerqueira.

O prefeito Isaac Carvalho destacou a importância dos poços artesianos que têm sido instalados estrategicamente nos pequenos quintais, além das cisternas disponibilizadas. “Estamos melhorando o fornecimento de água para potencializar a atividade da caprinovinocultura, por isso temos o foco do trabalho na instalação dos poços. Isso proporciona o aumento da renda familiar e a qualidade de vida dos trabalhadores que é o objetivo maior da feira”.

Uma outra novidade que a VII Feira trouxe foi o cadastro nacional de formação social, onde os produtores terão acesso a previdência social. Durante a feira, todos puderam se cadastrar, e àqueles produtores que não marcaram presença, poderão se dirigir ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais para o cadastro. José Lindomar Pereira achou ótima a ideia e garantiu que a feira está melhor a cada ano. “Sou produtor há 32 anos e nunca faltei a feira. Tudo na feira acontece para facilitar tanto a comercialização como a troca de informação. A feira vem para somar ao trabalho do produtor novas formas de sustentabilidade”, disse José Lindomar.

As informações são do portal Sg.com, adaptadas pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

josé ricardo barreto da fonseca

Salvador - Bahia - Consultoria/extensão rural
postado em 11/07/2014

Está iniciativa serve de exemplo para o resto da Bahia, pois fortalece a economia e estimula os criadores via o intercâmbio com outros criadores, troca e/ou venda dos reprodutores e, assim vai as várias práticas e atitudes que fortalecem a cadeia produtiva da caprinovinocultura.a buscar novas maneiras de melhorar. Deixo aqui os parabéns a todos que se esforçaram para eventos como esse aconteçam, deixo aqui meu apoio ao IRPAA por suas técnicas de convivência com a seca e os criadores pela resistência e perseverança. Qualquer apoio estamos na SEAGRI / SUAF da Bahia - 71 3115-2864.

Abraço a todos.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade