Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

MT: Izabella Teixeira valoriza redução do desmatamento

postado em 26/07/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Durante solenidade de lançamento da operação Mato Grosso Verde 2010 e apresentação do Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (CIMAM/MT), em Cuiabá, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira destacou os avanços alcançados pelo Estado em relação à gestão ambiental. "Mato Grosso tem apresentado números significativos em relação a redução do desmatamento e focos de calor e, muitas das iniciativas implementadas no Estado, em razão dos resultados positivos, são ampliadas para outras unidades da federação", salientou ao citar iniciativas como o MT Legal e ações ligadas ao monitoramento e fiscalização.

Isabella falou sobre as expectativas do Governo Federal em relação aos índices de redução do desmatamento detectados pelos satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em relação à floresta amazônica. Entre agosto de 2009 e maio de 2010, a redução foi 47% menor do que o mesmo período entre 2008 e 2009. O recorde é ainda maior do que a redução de 42% registrados pelos satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) no ano passado. "A tendência, é de que sejam antecipadas as metas estabelecidas pelo Governo Federal, em relação às Políticas de Mudanças Climáticas. Não podemos olhar somente a redução das áreas desmatadas, ou de queimadas e a proteção e conservação do meio ambiente, mas também implementar iniciativas que reduzam os impactos econômicos e sociais. Daí a importância das ações coordenadas entre os diferentes níveis de governo e a sociedade. Temos que incentivar ações que reduzam os percentuais (de desmatamento e queimadas), mas também discutir novas bases para o crescimento da agricultura sustentável".

Isabella Teixeira falou também dos recursos disponíveis no Fundo Amazônia. Criado em agosto de 2008, o Fundo, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é um instrumento de obtenção de recursos para o desenvolvimento de ações visando a preservação, conservação e uso sustentável da floresta. Por meio do fundo é possível desenvolver projetos nas áreas de gestão de florestas públicas e áreas protegidas; controle, monitoramento e fiscalização ambiental; manejo florestal sustentável; atividades econômicas desenvolvidas a partir do uso sustentável da floresta; zoneamento ecológico e econômico, ordenamento territorial e regularização fundiária; conservação e uso sustentável da biodiversidade; e recuperação de áreas desmatadas. "Temos U$ 1 bilhão disponíveis para bons projetos", salientou ela.

A ministra do Meio Ambiente destacou ainda as ações estabelecidas no Plano de Prevenção e Combate ao Desmatamento e Queimadas do Governo Federal e o seu correspondente estadual, como instrumentos fundamentais no processo de integração das ações.

As informações são do Só Notícias, resumidas e adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade