Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

RS: Livramento pode transformar-se na Capital Ovina

postado em 02/03/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O município de Livramento, que possui o maior rebanho ovino do Rio Grande do Sul, com cerca de 500 mil animais (já teve 900 mil, mas a crise da lã diminuiu a criação), poderá transformar-se na Capital Estadual da Produção de Ovinos, conforme projeto de lei protocolado, segunda-feira (28), na Assembleia Legislativa, pelo deputado Miki Breier.

A medida se alinha à batalha do vereador santanense Batista Conceição (PSB) no empenho pelo reconhecimento da produção e na divulgação da carne de ovelha. Com o título, a expectativa é de se alcançar através da divulgação do produto o aumento na produção, dinamizando a economia da cidade e gerando novos empregos. Em alta, a carne de cordeiro conquistou adeptos e espaço nos cardápios mais refinados, mas os produtores precisam de financiamento para reter matrizes, aumentar os rebanhos e melhorar os abates e a comercialização.

O governador Tarso Genro e o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, anunciaram linha de crédito para a retenção de matrizes, mas tal possibilidade ou o dinheiro ainda não chegaram ao alcance dos produtores. No passado recente, outros governos fizeram as mesmas promessas, que não saíram do papel. Em recente reunião na Secretaria da Agricultura e Pecuária, foram definidos quatro grupos para tratar da ovinocultura. Os criadores de ovinos e futuros empreendedores estão na expectativa. Dentro de seu projeto de valorizar os ovinos, o vereador Batista Conceição prepara um Festival Gastronômico do Cordeiro para ser realizado em Livramento.

As informações são do Jornal do Comércio, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade