carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Sabonetes a base de leite de cabra são alternativa de renda para famílias do semiárido alagoano

postado em 06/12/2013

7 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Aroeira, camomila, canela, erva-doce, maracujá e morango. Esses são alguns dos aromas dos sabonetes artesanais, a base de leite de cabra, produzidos pelas mulheres da Cooperativa Natu Capri do município de Maravilha (AL). A atividade, que recebe apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), é uma alternativa de renda para as famílias no semiárido alagoano e tem transformado a vida das 20 trabalhadoras cooperadas.

“Quando essas mulheres começaram a produzir os sabonetes a base de leite de cabra, a maioria era agricultora e só trabalhava no campo. Hoje, elas estudam e estão se formando graças ao desenvolvimento da associação e do apoio da Codevasf”, afirma a diretora de marketing e comercialização da cooperativa, Ana Patrícia Alves.

A produtora Rizalva Ferreira da Silva, há dois anos na cooperativa, está satisfeita com a nova ocupação. “Eu era agricultora, trabalhava capinando na roça, com enxada mesmo, para ajudar meu esposo com o gado. Surgiu a chance de entrar para a cooperativa, participei de uma oficina e fui selecionada. Agora faço os sabonetes, além de fornecer o leite, usado na produção, com as seis cabras que crio”, diz.

A cooperativa de mulheres alagoanas é uma das beneficiadas pela estruturação dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) promovida pela Codevasf desde 2004. Além da implantação da fábrica de cosméticos artesanais da cooperativa, a Companhia realiza capacitações e outras ações relativas às diversas atividades produtivas trabalhadas.

Sabonetes a base do leite de cabra são alternativa de renda para famílias do semiárido alagoano“As ações buscam agregar valor aos produtos por meio do artesanato, desenvolver capacidades da população e incentivar a preservação da cultura regional”, destaca a chefe da Unidade de Arranjos Produtivos da Codevasf, Rosangela Soares Matos.
 
Os APLs são caracterizados por um número significativo de empreendimentos e de indivíduos que atuam em torno de uma atividade produtiva predominante na região, como a ovinocaprinocultura, fruticultura, bovinocultura, apicultura, aquicultura e mandiocultura. A estruturação e o fortalecimento dos arranjos produtivos têm forte impacto na vida dos moradores do semiárido.

“Eu era meio acanhada, mas já estou me desenrolando, vendendo bem, participando de eventos. É uma melhoria para todas as mulheres, cada uma tem suas funções. Ainda ajudo meu esposo na roça, mas a cooperativa é minha atividade principal. Está ótimo lá”, comemora Rizalva Ferreira da Silva, que também participa do conselho fiscal da Natu Capri.

Os sabonetes artesanias a base do leite de cabra produzidos pela cooperativa, além de ricos em vitaminas e hidratantes, possuem propriedades rejuvenescedoras e calmantes. Entre medicinais e aromáticos, a linha de produção tem dez tipos de sabonetes: aroeira, aveia e mel, babosa, camomila, canela, capim-limão, erva-doce, juá, maracujá e morango. “O sabonete de aroeira hoje é o nosso carro-chefe. Ele é anti-inflamatório e atua combatendo bactérias, manchas na pele e coceiras”, explica a diretora de marketing e comercialização da cooperativa, Ana Patrícia Alves.

Apoio aos APLs

Desde 2004, a Codevasf atua na estruturação das atividades produtivas da aquicultura, apicultura, bovinocultura, fruticultura, ovinocaprinocultura, horticultura, mandiocultura, economia criativa, avicultura e cajucultura. A empresa promove o desenvolvimento regional em benefício das populações das bacias dos rios São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim.

A partir de 2012, em parceria com Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI), a Companhia passou a ser uma das principais executoras do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria – Programa de Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária – sendo as "Rotas de Integração Nacional" a principal estratégia de atuação no adensamento de APLs.

A estruturação dos arranjos produtivos é feita por meio da mobilização e orientação dos produtores, que são estimulados a atuar associadamente. Após a identificação dos pontos frágeis da cadeia produtiva, a Codevasf busca atuar na promoção de seu fortalecimento, seja na produção, por meio da doação de equipamentos, insumos e animais, seja na melhoria da qualidade do produto, com a construção de unidades de produção e beneficiamento, bem como em capacitações, necessárias para o êxito das atividades.

As informações são da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

ELIDIO NUNES DANTAS JUNIOR

Fortaleza - Ceará - Produção de caprinos de leite
postado em 09/12/2013

Bom dia, sou do Ceara e gostaria de saber como poderemos desenvolver a técnica de produção do sabonete para que possamos aproveitar o potencial de leite de cabra que temos na nossa região, a nossa comunidade é São João do Aruarú distrito de morada nova - Ce.

mauro vicente da silva

Maceio - Alagoas - Ovinos/Caprinos
postado em 09/12/2013

é bom saber que esta cooperativa  caminha a passos  longo  para  se auto viabilizar. parabéns a todos envolvidos.

isabel martinha s. leite

OUTRA - OUTRO - advogada/ ramo de direito agrario
postado em 10/12/2013


Bom dia,   mora na região do São Francisco onde a criação de cabras nas pequenas propriedade  é realidade, mas o leite somente é aproveitado para consumo hunamo e queijo artesanal.
Gostaria de saber como obter a receita dos sabonetes ou mesmo se possível fazer o curso, como fazer ?
Isabel

josé Carlos Rodrigues da Luz

Serra Talhada - Pernambuco - Consultoria/extensão rural
postado em 15/12/2013

Olá !  Parabens à todos vcs.pelo bom trabalho que vêm desenvolvendo para a concretização real e sustentável, como assim deverá ser sempre, conforme decretado á exatamente doze anos atrás pelo Governo Federal. É pena que os demais Estados que fazem parte integrante do SEMIÁrido Nordestino do Brasil (alguns) ex. Pernambuco ainda não assimilaram a idéia verdadeira de auto-sustentabilidade.Alguns governantes de Estados e Municípios ainda preferem ser submissos a migalhas medingadas do Governo Federal  a título de verbas para sanar perdas por calamidades como: geradas pela chamada seca (fenômeno natural da nossa região) ou por enchentes (fenômeno também normal), porém, ambos aumentados e não compreendidos e nem mesmo amenizados pelos homens de frente de combate que são os gestores Municipais e Estaduais  que ganham para administrar as necessidades dos cidadãos que os elegeram de boa fé.  A Codevasf vem suprindo esta falha  em determinada região , porém , o que será das demais ?  Gostaria de saber  da CODEVASF o que é preciso fazer para que eu possa ter acesso aos animais e participar do processo de produção de leite de cabras  aqui em São José do Belmonte PE.    Abraço, muito obrigado
Josejcluz@hotmail.com  87/99683196-tim no aguardo.

Antonio josé Dourado de Oliveira

São Luís - Maranhão - OUTRA
postado em 19/12/2013

Gostaria de saber como obter a receita dos sabonetes ou fazer o curso. Obrigado.

Jamilson Machado dos Santos

Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Produção de leite
postado em 12/01/2014

Também  me interessei pela receita , como faço para conseguir.

Regína Maria Lavezzo Mecca

Amparo - São Paulo - Produção de caprinos de leite
postado em 25/11/2014

Sou uma pequena criadora de cabras na cidade de Amparo, estado de Sao Paulo. Gostaria de receber receitas para fabricacao de sabonetes de leite de cabras. Agradeco a gentileza. E-mail: rlavezzomecca@yahoo.com.br. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade